Publicidade.

Local blog: Alagoinhas, Bahia, Brasil.

domingo, 16 de setembro de 2018

VFO transceptor YAESU FT-101B.

Este mês pesquisei e detalharei um simples e muito eficiente esquema de VFO com ótima estabilidade, trata-se do VFO do transceptor YAESU FT-101B, já testado por muitos veteranos Radioamador de todo mundo, desde a década de 70. Cobre 500 Khz de 8700 a 9200 Khz ou 8.7 a 9.2 Mhz, com apenas um J-FET no oscilador outro J-FET no buffer e um transistor amplificador. O sucesso deste VFO desde quando foi lançado o FT- 101B e até hoje em dias atuais com muitos em operação por todo o mundo, da-se ao circuito simples com uma bobina L1 em "G1" em série com os capacitores e sintonia, formando um conjunto LC com pouca indutância e muita capacitância.
Temos como ajuste e sintonia fina com varicap 1S145 ou 1S2236 atuando com clarificador um potenciômetro de 10k com tensão estabilizada de 9 +Vcc que não esta no esquema.
Eu já publiquei aqui no blog esquema de VFO, https://projetosetransceptores.blogspot.com/2013/01/ofv-multidanda.html testei no próprio transceptor YAESU FT-101B, https://sucataseletronicasdoacoes.blogspot.com/2018/06/ft-101b-doacao-py6-acu-px6a-0487-sr-joel.html tenho notado que realmente é estável, ouvido QSO em SSB 40 metros, não constatei deslocamento de frequência, modéstia parte tenho um bom ouvido para graves e agudos, claro que ao ligar e durante 1 a 3 minutos o VFO ficará estável, desligando por mais de 20 minutos e ao ligar a sintonia é quase a mesma, claro se colocasse o frequencímetro na saída do VFO visualizava alguns pequenos deslocamento em Hz, o que é normal, estou testando um VFO com mais de 35 anos. Muito bom mesmo este VFO. Os testes foram feito só ouvindo em SSB, não usei nenhum instrumento. Estou testando um equipamento VFO original seus componentes como J-FET, transistor, e capacitores ainda estão em ótimo estado apesar do tempo. Vejam nas fotos abaixo VFO todo blindado, como deve ser ao montar, deve ter tensão estabilizada de 6 +Vcc, seus capacitores deve ser cerâmico "NP0" tubular, mica ou styroflex "J" de boa qualidade, os trimmer e o capacitor variável deve ser adequado a capacitância para sucesso do VFO. O esquema que desenhei é idêntico ao original, só foi substituído os J-FET que agora pode ser 2SK 19, J 310, BF 245, o transistor podemos substituir por um BF 494, 2N 2222, 2N 2369, entre outros, lembre-se de usar ligações curtas, cabo coaxial na saída ou ligação do capacitor variável se tiver longe do circuito, blindar todo VFO, use uma fonte estabilizada de 12 Vcc ou 13,8 Vcc com boa filtragem para alimentação do circuito.
Vejam nas fotos como confeccionar a bobina osciladora "L1" a forma deve ser com 15mm diâmetro o fio pode ser entre 22 a 20 AWG, cole ás espiras com verniz ou cola quente "silicone" os terminais, nas fotos em zoom tentem contar ás espiras, vejam que tanto o começo "baixo" quanto o fim "cima" entra e saem por dentro da forma, por isso comece a contar depois da passagem do fio por dentro da forma onde começa o enrolamento "espiras", eu tentei contar, mas não conseguir ter total certeza, se bem que uma ou duas espiras a mais ou a menos pode não fazer diferença, mas faz sim, temos que confeccionar igual a original, melhor será até o espaço que tem de 1,5 mm no final da espira 14 ou a 15, devemos fazer, pois este espaço deve ser para diminuir a indutância, se bem que ás espiras são unidas, fiquem atento ao contar que a última espira de 14 ou 15 está caindo sobre a anterior, e o mesmo no final das espiras 3 ou 4, restantes "cima". Queremos ter o mesmo sucesso do VFO original do transceptor YAESU FT-101B.
Esquema original VFO YAESU FT-101B.
 
Esquema atualizado VFO YAESU FT-101B.
Foto WEB PCI VFO lado dos componentes.
Foto WEB VFO fechado blindado lado do variável.
VFO PCI identificação de alguns componentes.
Vejam L5 como confecciona-la sobre resistor de 1k.
são várias espiras fio litz 5x34 ou outro, o enrolamento cesta.
C89 capacitor cerâmica 0,047uF, 47nF, 473 ou 47.000 pF saída para clarificador.
Vista TC1 TC2 são trimmer especiais TC2 é um trimmer duplo.
 
Vejam em zoom TC1 trimmer.
Foto zoom capacitores cerâmico disco e tubular.
 L5 várias espiras sobre resistor de 1k ligado coletor Q3 saída VFO.
Pode ser enrolada com fio litz fino 5x34 de sucata monitor, ou
 fio 38 ou 36 AWG, com enrolamento em ondas ou cesto sobre o resistor.
Cole todo o enrolamento com verniz para que fique firme.
L1 e L5 e demais componentes VFO.
L1 em outro angulo forma tem 15mm diâmetro.
 L1 espaço entre espiras finais 1,5mm, 14 ou 15 espiras vamos contar
mas veja com atenção ás espiras finais dos enrolamentos estão frouxo
ás setas preta e amarela indica a espira sobre a anterior.

L1 sentido das espiras, última espira longe da forma mas firme com verniz.
L1 em zoom e outro angulo vejam começo e fim.
Pode-se contar ás espiras, terminais entram e saem por dentro da forma. 
Foto L1 vejam cola fixando os terminais, e verniz sobre ás espiras.
Da para ver o capacitor tubular de 42 PF ligados de TC1 para TC2. 
Vista explorada PCI VFO.
Parafusos interno fixador PCI VFO.
 
Parafusos externo fixador lateral tampa VFO lacre original.
 
Parafusos fixador tampa cima VFO lacre original.
Então está tudo sobre este VFO, claro que ele não é um DDS, mas tem uma ótima estabilidade de frequência. O capacitor variável não dá para mostrar por ser lacrado de fábrica como mostra os parafusos acima fotos, mas vocês podem encontrar no comércio ou em sites de vendas de componentes, podem achar em sucatas de rádios antigos a válvula, o capacitor pode ser com 2 ou 3 sessões, assim se ele tiver pouca capacitância pode-se ligar em paralelo as outras cessões e aumentar a capacitância a 410 PF, para diminuir coloque um capacitor NP0 ou styroflex em série do circuito do capacitor. Vejam algumas fotos de capacitores variáveis que podemos colocar no nosso VFO e ter sucesso, mas vale lembrar que devemos saber que os trimmers TC1, TC2 estão com a capacitância do original.
 Capacitor variável para AM  e OC com duas seções.
Ótimo capacitor variável com 6 seções para AM, OC e FM.
Capacitor variável AM, OC com 3 seções.
Capacitores variáveis diferente capacitância AM, OC.
Todos estes capacitores podem ser experimentados no nosso VFO, se a capacitância estiver muito coloque um capacitor NP0 ou styroflex em série para diminuir a capacitância, mas não está no esquema e pode influenciar na estabilidade do VFO, façam testes para que o VFO oscile na frequência acima citado.


terça-feira, 28 de agosto de 2018

Esquema transceptor CB Wagner SSB 309 restaurado.

Pessoal ainda tem gente até de outros países procurando em "salas de bate papo" fórum e até redes sociais o esquema do transceptor em 27 Mhz Wagner SSB 309. Quero dizer aos que procuram se ler esta e outras publicações que já postei sobre este transceptor que eu fiz o desenho restaurando o original em JPEG nítido boa visibilidade com manual em inglês. Informo aos que me perguntam por e-mail e aos que poderão vim a perguntar que o esquema foi fruto de mais de um mês de muita dedicação e trabalho todos os dias, com esquemas que possuo com péssima visibilidade e ás vezes conferia no próprio transceptor Wagner 309 que possuo. Por isso não posso publicar aqui no blog. O esquema será vendido para ajudar a manter o blog, este esquema que não se encontra na "internet" WEB com boa visibilidade, estará sendo enviado a você via e-mail em JPEG completo por um pequeno preço, se interessa entre em contato por e-mail que esta acima da minha foto.
Pensei em restaurar o esquema do Cobra 148 GTL NEW MODEL o famoso que todos acham que chora, eu tenho um cara cinza que não fiz nada a não ser chucrutar e alinhar, ele não chora como dizem e já fiz muitos contatos e boas reportagens quando falo que estou com este falso Cobra 148 GTL. Mas devido a experiência que estou tendo com a restauração do esquema do Wagner SSB 309, desistir de perder meu tempo em restaurar o dito cujo 148 GTL falso.
É pessoal ás vezes temos boas intensões em ajudar e somos mau interpretado ou temos que fazer 100% se fizermos 99% não prestamos. Aos que pensam que ás publicações acima citadas são propaganda enganosa ou que eu estou com má fé, tem gente que pensa que estou querendo tirar aproveito e ficar rico, digo que se eu quisesse poderia colocar a venda este esquema e manual do Wagner SSB 309 no mercado livre ou outros site, talvez assim muita gente daria crédito.
Desculpe-me pelo desabafo, eu não tenho intenção em agredir ou ferir ninguém que ler este comunicado, apenas um esclarecimento sincero e honesto.
Muito obrigado.
Waldir Cardoso.

Transverter per i 50 Mhz melhor e atualizado CQ elettronica.

Olá mais algumas versões do mesmo transverter publicado mês passado em: https://projetosetransceptores.blogspot.com/2018/07/transverter-per-i-50-mhz-cq-elettronica.html    porem pequenas adaptações feitas para melhorar o funcionamento ou reduzir componentes. Ao ligar chave ON o equipamento em 13,8 Vcc o relé RL1 desliga ANT. 11 metros 27 Mhz.  Em RX o sinal de 50 Mhz entrada ANT. entra pelo filtro LPF é colhido através do capacitor 47 pF que juntamente com dois diodos de silício 1N 4148 ou 1N 914 em sentido contrário fazem em RX o sinal passar livre, em TX estes diodos conduzem ligando o capacitor de 47 pF para negativo, o sinal prossegue como circuito original, o Mosfet de porta dupla podem ser equivalentes BF 980, BF 981, BF 961, BF 905, entre outros, o resistor ligado em “G2” para negativo é 220k, estava errado na primeira publicação mês passado faltava o “k”, o sinal prossegue passando por um filtro BPF sintonizado passando por dois capacitores de 1,5 pF ou 1p5, passa por outro filtro chegando ao pino 1 MIXER 1 SBL-1, este recebe também o sinal do oscilador local com regulador +Vcc 78L09 entre 22 a 24 Mhz “escolher cristal” pino 8, saindo o sinal de FI 26 a 28 Mhz para nos pinos 3, 4 sendo amplificado por J-FET U 310, ou J 310, BF 245 ou outro, o sinal de FI sai L12 e capacitor de 102 ou 1000 pF que com dois diodos silício 1N 4148 ou 1N 914, que faz a proteção da RF em TX não entrar para o circuito vindo a queimar o J-FET J 310, o sinal RX FI sai através de um capacitor fixo de 27 a 47 pF ou trimmer 10-90 pF, "melhor recepção" indo para o conjunto resistores atenuador de carga 50 Ohms que esta ligado ao RTX 26 a 28 Mhz através do contato de RL1 quando ligado chave ON. Em TX o sinal de RF de 4 a 12W AM, SSB TRX, entra no circuito BC 337, TIP 31, BD 136 ou BC 327 chave eletrônica +Vcc TX, RX através do capacitor 10 pF, este sinal RF só vai ao atenuador de carga 50 Ohms através do contato RL1 com chave posição ON e tensão 13,8Vcc, segue ao capacitor de 4,7 pF ou 4p7 é atenuado em um resistor variável trimpot  220 Ohms passa ao resistor de 10 Ohms e entra pino 1 MIXER 2 SBL-1 que recebe o sinal do oscilador local entre 22 a 24 Mhz  “escolher cristal” saindo pinos 3, 4 passando pelo filtro sintonizado BPF com dois capacitores de 1 pF, saindo sinal de 50 Mhz sendo amplificado pelo transistor 2N 3866 ou 2N 4427, saindo ao driver 2N 3553, 2SC 1970 ou 2SC 1306, e por fim PA amplificado 2SC 1971 ou Mosfet RD15HVF1 “conforme esquema 3” o sinal de 50 Mhz sai através dois capacitores variáveis miniatura trimmer 10-90 pF e entra no filtro ANT. LPF até a antena. Observem que o CI CD 4049 foi substituído por uma chave eletrônica por RF +Vcc com transistores TX, RX, não há necessidade de tão precisão para manter ou não tensões “saturar” os transistores PNP de saída para +Vcc, basta que a RF faça seu caminho correto no primeiro circuito juntamente com o atenuador de carga de 50 Ohms, uma chave adicionando um capacitor eletrolítico 22 uF 25V em SSB.  
Esquema 1 transverter 27 Mhz para 50 Mhz.
No esquema 2: Todo processo de TX e RX é igual ao anterior, com algumas mudanças de componentes. Retirei o RL1, agora com apenas um MIXER para TX e RX com comutação a diodos de silício 1N 4148 ou 1N 914 outros, o MIXER pode ser confeccionado em toróides ou balun de TV como na revista, os 4 diodos podem ser de silício ou germânio 1N 4148 ou 1N 34. Em TX acrescentei um J-FET BF 245, J 310 ou U 310 depois do filtro para amplificar mais o sinal aos circuitos finais de RF, um indutor de banda larga T2 idênticos funcionam bem.
Esquema 2 transverter 27 Mhz para 50 Mhz.
Esquema 3: Em RX na entrada do Mosfet TR5 “G1” foi adicionado mais um indutor igual a L4, e um capacitor que pode ser entre 4,7 pF a 12 pF se preferir alargar mais a faixa de recepção, com isso o sinal 50 Mhz passa mais limpo e amplificado pelo Mosfet TR5 BF 981. Em TX com maior potencia de saída de RF com Mosfet RD15HVF1 que poderá funcionar bem em 50 Mhz e fornecer uma potencia saída RF entre 8 a 12W, se tiver problema melhor substituir por dois RD06HVF1 em paralelo, acrescente no “S” de cada um, dois resistores de 1 Ohm 1W ficando 0,5 Ohms em cada “S” para negativo, veja esquema 4.
Esquema 3 transverter 27 Mhz para 50 Mhz.
Observe L5, L6, L13 e L14, são indutores auto suportada de fio 20 a 22 AWG. Cuidado com transistores falsos, os 2SC 1970 e 2SC 1971, Mitsubishi, 2SC 1306 NEC tem que ser de lotes antigos e originais. Atualmente os novos são falsos não vai funcionar em nenhum circuito de RF, por isso antes de condenar o circuito achando que está errado ou não funciona, tenha certeza que seus transistores usados são originais, prefira sempre Mosfet da Mitsubishi são de maioria original, mas cuidado onde compra. Vocês podem substituir os transistores e Mosfet. Para menor potencia TX use J-Fet BF 245C, 2N 2369, 2N 3866, RD06HVF1 deve ficar em torno de 4 a 5W RF saída. Para maior potencia use J-Fet U 310, 2N 3866, 2SC 1306 ou 2N 3553 e saída Push Pull com dois Mosfet RD15HVF1, terá uma potencia de saída RF entre 15 a 20 W, para a versão do esquema 3 vocês poderão colocar J-Fet U 310, 2N 3866, 2SC 1306, com dois RD15HVF1 em paralelo, acrescente dois resistores em cada “S” de 1 Ohm 1W, a potencia de saída RF fica entre 10 a 15 W, como o esquema 4. Cuidado com os capacitores de ANT filtro LPF melhor colocar com isolação de 2kV de mica ou mesmo cerâmico.
Esquema 4 transverter 27 Mhz para 50 Mhz.
Melhor funcionamento e conversação QSO na faixa de 50 Mhz. Não adianta ter muita potencia TX RF, se não tiver uma boa antena ajustada na faixa de ressonância de operação. Vocês devem optar por uma antena direcional, pois a faixa dos 6 metros 50 Mhz é uma freqüência VHF, por isso a propagação que acontece em 80, 40, 20 ou 11 metros dificilmente acontecerá nos 6 metros, a não ser em razão excepcional do tempo, estação do ano e local da estação, não se espere fazer DX com outras regiões nesta faixa como fazemos em 11 metros. A faixa de 6 metros é uma faixa quase que linha direta, por isso quanto mais alto a antena altitude do local onde se transmite, e uma boa antena faremos contatos com estações a distancias entre 40 a 200 Km ou mais, dependendo da potencia RF, antena e topografia, recomendo que façam uma antena direcional quatro elementos cúbica de quadro ou quadra cúbica, com ROE o mais baixo possível, nesta faixa a antena será pequena e não ocupa muito espaço, pesquise na WEB. Lembre-se que a antena é a alma do rádio. Calcule e monte sua antena cúbica de quadro ou quadra cúbica em :http://www.qsl.net/asra/quadra.html

domingo, 29 de julho de 2018

Transverter per i 50 Mhz. CQ Elettronica atualizado.

Este transverter foi publicado nas revistas italiana CQ Elettronica dos meses 06-07-de 1990, eu publiquei na integra da revista no mês passado 06-2018 no meu blog de revistas em: https://esquemasprojetoseletronicos.blogspot.com/2018/06/transverter-10-metros-para-faixa-6.html: lá tem os links das duas revistas para download. Leiam o cabeçalho do blog onde tem escrito "O autor do blog não se responsabiliza por erros contidos no conteúdos dos esquemas".       
Encontramos vários “gatos” erros de gráfica na publicação no esquema e na lista de peças, começando com a figura 2, o resistor R1 que está na lista de 150k, este resistor e quem alimenta +Vcc o coletor de T1 Transistor NPN que aciona com RF TX o circuito de comutação CI CD 4049 de +Vcc 12V TX, RX, R1 não pode ser de 150k este valor é muito alto, deve ser de 150 Ohms. Ainda na figura 2 no mesmo esquema T3 esta na lista como transistor NPN BC 237, mas é um transistor PNP não pode ser o BC 237, e sim um BC 327 PNP. Ás figuras 3 e 4 estão com nomes dos circuitos invertidos, na lista de peças C56 esta 000 pF, o certo é 100 pF capacitor do filtro LPF antena. Na revista do mês 07-1990 o circuito do Mixer SBL-1 está errado a ligação 3,4 para os diodos e faltando ligação na segunda indutor que sai para o oscilador local,  Para minha surpresa eu baixei os dois números posteriores da revista e não achei nada sobre os erros contidos nas duas publicações do mês 06, 07 de 1990. Lembro a vocês que eu sempre encontrei “gatos” erros em esquemas e listas de peças, por isso nunca confiei em nenhum esquema de revistas e lista de componentes, até em esquemas de transceptores encontro “gatos” erros, Já publiquei alguns no blog de revistas. Vocês tem que ter cuidado ao escolher um projeto de revistas para montar, deve ter um pouco de experiência com circuitos para que ao montar o circuito não fique perdendo tempo com erros contidos no esquemas, o pior é que quando o esquema é grande maior a possibilidade de erros, e só percebemos o ao montar e não funcionar. Neste transverter fiz algumas modificações retirando e adicionando e substituindo componentes nos esquemas e atualizei os erros original da revista. No próximo mês publicarei mais sobre este transverter com mais modificações e atualizações dos componentes. Vejam um outro transverter de 11 metros para 2 metros semelhante a este: https://projetosetransceptores.blogspot.com/2017/05/transverter-2-metros-10-e-11-metros.html
Esquema fiel da revista, os componentes com (*) tem erros.
Atualizado 21-08-2018. (S) U310 resistor 47R e capacitor 10nF.
Esquema atualizado ligações, parcialmente em alguns componentes.
Pagina 55 da revista do mês 07-1990, esquema do Mixer já atualizado.
SBL-1 Mixer atualizado esquema original em zoom.
 
Lista de componentes atualizados servindo para os demais esquemas 
que será publicados mês seguinte,
O Autor não escreve com clareza sobre a confecção do Mixer SBL-1, o esquema na revista do mês 07 está errado, alem disso o autor indica diodos 1N 914 que é semelhante ao 1N 4148, porem ele diz que é melhor o diodo shottky HP 2800. O Mixer tem os indutores que poderão ser enrolados em núcleo FB801, FT 37-43, vejam na página do grande gênio Japonês Intio como confeccionar um Mixer ou DBM com sucesso para o transverter. Veja: http://www.intio.or.jp/jf10zl/dbmhow.htm SBL-1 Mixer: https://www.minicircuits.com/pdfs/SBL-1+.pdf No mês que vem publicarei mais modificações deste transverter com melhor desempenho e potencia de RF.
Muito obrigado.

sábado, 30 de junho de 2018

Circuitos RTX canal FI (IF) dupla conversão MC3361.

Estes circuitos são adaptação de transceptores comerciais PX (CB) e poderão ser experimentados com êxito em um projeto de RTX AM, FM, com FI (IF) de dupla conversão com simples circuito integrado MC3361B, e semelhantes. UTC3361B, LM3361, KT3361, KA3361, YD3361, SL5019, BDL501B, IR3N06, TK10420, ULN3859, NJM3357, MC3357P, MC3371, MC3372. Todos são idênticos "Low Power Narrowband FM IF", baixo consumo energia banda estreita FI FM. Existe outros com mais pinos exemplo do MC 3362, encontramos alguns citados acima em telefones sem fio antigo de 46 Mhz e 49 MHz fone e base, também podemos comprar direto da China no ebay.
Sobre os circuitos: Estes são para adaptação da publicação do mês de Abril em https://projetosetransceptores.blogspot.com/2018/04/transceptor-am-fm-ssb-27-mhz-vfo.html que pode ser simplificado como podemos ver nos esquemas abaixo, e serem modificado do projeto do mês de Abril. os circuitos podem ser modificados para melhor recepção e transmissão em AM e FM. Na saída da FI (IF) 455Khz preta podemos montar um circuito ANL com mais alguns capacitores, resistores e diodo, e um filtro NB vejam em outros esquemas de transceptores Cobra 29 LST entre outros. 
Primeira parte do projeto.
Segunda parte do projeto.
Pessoal todo e qualquer esquema pode ser modificado em melhorias, vocês já deve ter visto em algum RTX componentes por baixo da (PCI) placa de circuito impresso, na história de muitos transceptores e modelos sempre o lançamento tem algumas diferenças dos posteriores do mesmo modelo, isso é por que depois de lançados os engenheiros, fabricante ou mesmo os usuários, começam a ver ou perceber que poderia ser melhor tal circuito se colocar mais componentes ou menos componentes, e assim os próximos fabricados já vem com algumas alterações, modificações com componentes por baixo da (PCI) placa de circuito impresso, se for a mesma ou modifica-se a PCI, temos como exemplo o Cobra 148 gtl DX, Yaesu FT 101, e outros fabricantes.
Muito obrigado.


sexta-feira, 25 de maio de 2018

Simples canal de FI (IF) 455 Khz AM

Olá pessoal já publiquei na página mês passado o que prometi um RTX AM, FM, SSBhttps://projetosetransceptores.blogspot.com/2018/04/transceptor-am-fm-ssb-27-mhz-vfo.html
Canal de FI IF 455 Khz.
Ás vezes precisamos de um circuito de recepção em (AM) amplitude modulada, um canal de FI (IF) que seja pequeno e simples. Este esquema retirei de um receptor de (OM) ondas médias (AM) que achei na net, ele pode ser muito útil quando precisamos adiciona-lo a outro canal de FI (IF) de 10.245 Mhz para 10.700 Mhz, dupla conversão. Já com AGC controle de ganho automático, filtro ANL, e saída para medidor de intensidade de sinal (S.meter). O circuito pode receber na sua entrada um filtro cerâmico de 455 Khz para estreitar mais o canal banda passante, desenhei na íntegra original para que os montadores possam fazer suas modificações com testes e ter um bom desempenho com este simples circuito com uma só bobina de núcleo preto de 455 Khz. Existe vários esquemas e maneiras de canal de FI (IF) 455 Khz simples ou completo e complicado, vejam neste site alguns esquemas de receptores com diferentes maneiras de canal de FI (IF) 455 Khz, Click em cima do esquema com o direito e selecione "Salvar imagem como...." pronto escolha a pasta e salve os esquemas que quiser. http://www.pascalchour.fr/ressources/eurelec/cours/schemateque/schemateque.htm
Esquema original canal FI (IF) 455 Khz AM.
Esquema original com filtro 455 Khz in.
Com filtro na entrada o canal fica mais estreito a banda passante e seletivo, faça testes com o qual filtro fica melhor com duas ou três terminais.
Waldir Cardoso.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Transceptor ALBA 3 AM FM SSB (CB) 27 Mhz VFO, VXO.

Vejam outro esquema de canal de FI (IF) para ser adaptado a este transceptor:https://projetosetransceptores.blogspot.com/2018/06/circuitos-rtx-canal-fi-if-dupla.html
Para quem vai montar leia com atenção e acesse os links citados. Boa sorte.
Este é um projeto do transceptor ALBA 3. AM, FM, SSB, na freqüência de 26 a 27 Mhz 11 metros PX (CB). Não é um projeto fácil, só para quem tem experiências em RTX RF terá êxito e sucesso em curto tempo. Eu passei mais de um mês desenhando, pesquisando, analisando, e selecionando esquemas de diversos transceptores e marcas, Cobra, Control, Wagner, e páginas da WEB, a maioria é do nosso gênio Sr. Miguel PY2OHH, isso porque já são projetos montados, testados e divulgados na página do Sr. Miguel, os montadores que se habilitar em montar este ou outros projetos de RTX ou TX, devem visitar seu site em: http://py2ohh.w2c.com.br/ ler, estudar os cálculos de filtros e indutores tabelas, ver ás fotos, e demais para ter um bom desempenho em suas montagens. Este projeto que desenhei pode e deve ser modificado em se falando de melhorias em alguns circuitos, exemplo do VFO e VXO Mixer, o montador poderá montar só o VFO ou DDS, como queira, em TX AM, FM, montar um circuito misturador com transistor bipolar comum NPN, ou BF 980 Mosfet porta dupla, ou ainda DBM misturador duplo balanceado (Double Balanced Mixer), simples com dois transformadores trifilares e uma ponte de diodos, assim misturando a freqüência do VFO ou DDS e VXO, resultando na sua saída a soma ou diferença das duas frequências, sintonizado no BPF filtro passa baixos, amplificado pelo buffer, Driver e PA. Talvez desenhe e publicarei outro projeto assim, mais ou menos como deve ser. Eu espero que vocês gostem, possa montar e ter êxito, e mandem comentários, me desculpe algum erro, ou pouca explicações, pois não sou nenhum engenheiro em eletrônica e nem professor em português. O que faço é porque gosto muito do nosso hobby, e sempre gostei de modificar circuitos e desafios. Sempre fui meu próprio professor. 
Esquema abaixo pré amplificador ANT. BPF, MIXER, AGC. RF. GAIN.
No esquema 01, temos na entrada L1 o sinal 27 Mhz vindo do filtro passa baixas (LPF)“ANT RX”, os circuitos de AGC, RF GAIN formado por TR4, TR5, o AGC atua na entrada de L1 através dos dois diodos 1N4148, controlando automaticamente o ganho de entrada de sinal e a saída áudio, vindo do esquema 02 “OUT AGC”, RF GAIN é controlado manualmente através do potenciômetro 1k fixado no painel. Fiz uma adaptação dos circuitos AGC (Ararinha e Cobra 25gtl) RF GAIN. O transistor TR1 amplifica RF ANT. e sintoniza, o sinal vai ao filtro passa banda (BPF), chegando ao TR2 mixer, recebendo o sinal 27 Mhz através do divisor capacitivo na base, seu emissor está recebendo o sinal entre 16 Mhz, vindo da saída do VFO ou DDS, “IN VFO 2” passando pelo circuito formado por TR3, L5, L6 sintonizado entre 27 Mhz L5 e 16Mhz L6, o sinal VFO 16 Mhz e 27 Mhz então amplificados e misturados sai para o canal de FI (IF) de dupla conversão 10.7 Mhz. Adaptação da Cobra, CONTROL PTA-25. Notem que os transistores TR1, TR3 tem seus emissores aterrados por capacitores de 1kpf ou 102, e 22kpf ou 223, saindo alimentação emissor de TR1, 4,7 volts, e emissor TR3, 5,4 volts, estas tensões alimenta o canal de FI (IF) de 455 Khz no próximo estágio.
Esquema abaixo canal FI IF 10.7 Mhz. SQ. pré. Mic. modulador áudio saída.
O esquema 02 FI (IF) de 10.7Mhz dupla conversão 10,245 Mhz e 455 Khz, pré amplificador RX, SQ. Squelch Silencioso, Ajuste desvio modulação FM TX VR1, pré microfone, amplificador potencia áudio e modulador TX AM, PTT. O canal FI (IF) 10.7 Mhz tem na entrada duas bobinas de núcleo verde 10.7 Mhz, filtro cerâmico conforme cor de 10.7 Mhz FT1, um oscilador a cristal 10.245 Mhz XT1, um transistor amplifica e entrega o  filtro de 455 Khz FT2, três bobinas de 455 Khz núcleos branco, amarelo e preto. Completando o canal de FI (IF) 10.7 Mhz dupla conversão, temos alto nível de rejeição altos níveis de seletividade e banda estreita com alto desempenho. Canal de FI (IF)10.7 Mhz FM, pré amplificador e silencioso foi adaptado do Walkie Talkie (PTA-25 da CONTROL), o pré amplificador de microfone, amplificador potencia áudio e modulador é inspirado no (FA-M21 Motorádio). O projeto original FI (IF) 10.7 é para recepção em FM, observem que eu adaptei para a recepção em AM uma bobina de 455 Khz de núcleo preto, ligada seu primário em serie de 4,7 Vcc RX4 e a outra bobina de FI (IF) 455 Khz núcleo branco, o secundário desta bobina preta de 455 Khz coloquei um BC 548 para demodular os sinais em AM, fazendo o papel do diodo, mesmo sem um AGC eficiente, filtro ANL, poderemos ter êxito na recepção em AM e ouvir satisfatoriamente. Se o montador quiser poderá montar outro canal de FI (IF) de 10.7 Mhz dupla conversão com o MC 3361, adicionando um circuito com FI (IF) 455 Khz. Vou pesquisar e publicar outro canal de FI (IF) com este CI que é mais simples. O circuito conta com silencioso SQ recebe do pré amplificador Q8 áudio de AM, FM, SSB, através chave eletrônica com 3 diodos 1N 4148, ajustado por VR5 no emissor que deve ficar fixado no painel para controle manual silenciamento do áudio na ausência de estações, o ajuste de volume potenciômetro VR4 fixado no painel, temos na entrada pino 1 do amplificador de potencia TDA 2003 o circuito de compressor cortando os excessos e picos de saída áudio no pino 4 em RX e TX. Temos em TX o circuito de microfone de eletreto PTT com 5 fios cabo espiral blindado Mic entra e ajustado potenciômetro VR2 MIKE GAIN fixado no painel, passa ao pré amplificador de microfone, adaptação (FA-M21 Motorádio) e tem sua saída para modulações em AM, FM, SSB, VR3 trimpot ajusta saída de modulação SSB para evitar distorções, VR3 deve ficar regulado no centro até finalizar os ajustes de RF PA. Em FM o pré amplificador sai para outro circuito adaptado (Cobra 148 GTL DX) para ajustar o desvio modulação VR1 que irá modular a freqüência no diodo varicap oscilador VFO. Em AM do pré amplificador Mic vai ao amplificador de potencia modulador TDA 2003, saindo modulação por T1, transformador modulador áudio junto +Vcc ajustado por trimpot VR6, no circuito regulador em 4 Volts ou 5 Volts, ver potencia de RF PA final. T1 auto transformador modulador pode ser enrolado como esquema 60 a 80 espiras, 10 a 20 Ohms do começo ao fim fio 24 AWG, na ligação para os capacitores eletrolíticos TAP enrole 2 a 3 Ohms 10 a 15 espiras, ou transformadores de Vca 110 volts 12 volts 500 mA, pesquise na WEB. T1 não é critico.
Esquema abaixo VFO, VXO, CHAVE +Vcc TX AM, FM.
Esquema 03. VFO e VXO. O VFO deve operar L1 entre 16.265 Mhz a 16.705 Mhz cobrindo 440 Khz do canal 1 ao 40, PX (CB), se não conseguir abranger os 440 Khz, faça com que o circuito L1 oscile abaixo segundo ou terceiro harmônicos,Ex: 8.132,5 Mhz, 8.352,5 Mhz = 220 Khz. ou 5.420 Mhz, 5.570 Mhz = 150 Khz. L1 tem que ser confeccionada em fôrma sem núcleo, o oscilador fica melhor com mais capacitância e menos indutância, use capacitores styroflex. Poderá também optar por HUFF PUFF, travador para melhor estabilidade do VFO. Vejam que é melhor fazer o VFO oscilar no terceiro harmônico adicionando mais capacitância em L1 e triplicar na saída do primeiro transistor, assim você terá maior estabilidade, abranger muito mais que os 40 canais de PX (CB), e poderá substituir o capacitor variável por um varicap como sintonia de toda faixa. Temos em FM TX VFO a função modulador com varicap ou LED que recebe alguns micro volts do circuito de ajuste de desvio FM VR1 esquema 02, o varicap tem a função de variar a capacitância e com isso a freqüência modulada, ajustar VR1 modulação em 10 Khz. O VFO recebe o sinal de 10.7 Mhz do VXO, em TX + 12Vcc AM, + 12Vcc FM, com acionamento PTT, um circuito +11 Vcc BC 328 PNP alimenta o VXO e circuito esquema 4 para TX,  em TX AM, FM o segundo transistor do VFO é mixer, misturando ás duas freqüências resultando na saída os 27 Mhz. O VXO pode ser com cristal ou filtro cerâmico de 10.7 Mhz, ajuste a sua saída para obter a freqüência de 10.700 Mhz. Poderá substituir por VFO digital DDS, AD 9850, AD 9851, ou até mesmo com Arduíno e SI5351, abrangendo muito mais freqüências e ate montar um RTX multibanda. Para confeccionar L1 e tudo sobre VFO RTX, visite a página do gênio PY2OHH Miguel, link acima. Neste link veja como montar VFO estável e simples: http://py2ohh.w2c.com.br/trx/vfocolpitts3/vfocolpitts3.htm ou este com VFO de duas bandas simples em L1: http://py2ohh.w2c.com.br/trx/vfo40-80/vfo40-80.htm . São VFO simples e fáceis de montar e testados por nosso gênio brasileiro em RTX.
Abaixo esquema Gerador SSB, BPF, amplificador RF, LPF.
Esquema 04. Circuito gerador SSB, LSB, USB. Inspirado Ararinha PY2OHH Miguel, com CI LA 1185, ou TA 7358, mais prático e fácil a montagem de um SSB RTX, o funcionamento é igual ao Ararinha 4 da página do Miguel, a modificação foi feita chaveamentos a diodos TX, RX dos circuitos: misturador, filtro ladder, detetor BFO. Ás bandas de LSB, USB são selecionadas no BFO cristal 10.700 Mhz, chave fixada painel (SW1) LSB, USB. O filtro escada (Ladder) a cristal agora tem sua freqüência FI (IF) 10.700 Mhz, os capacitores continuam de 100pF e 120pF entre os cristais para negativo, façam testes , o filtro passa baixas (BPF) comutação a diodo para TX AM, FM, SSB, confeccionado com fôrma bobinas TOKO 10mm, FI (IF) TV ou FI (IF) 10,7Mhz FM, com mesmo fio retirado enrole 2 espiras no secundário, primário mais 8 espiras divididas entre ás colunas da fôrma, como está no esquema, os capacitores podem ser entre 33pF a 39pF, regule para que tenha maior rendimento com ferrita abaixo do meio uma ou duas voltas, o capacitor 2pF de passagem do sinal se for variar mais de freqüência no VFO, ele pode ser entre 2p2 a 4p7. Temos o circuito pré amplificador RF Buffer amplificador RF, Driver, Push Pull Mosfet PA IRF 520 ou IRF 510, adaptação (Cobra) e outros esquemas, Filtro passa baixas (LPF) 3 seções 7 elementos filtrando os harmônicos e espúrios indesejáveis, no começo do filtro temos um pequeno capacitor cerâmico de 12 pF a 22 pF NP0, ANT RX, que vai ao esquema 01. Observem que na tensão de bias dos Mosfets eu desenhei um novo circuito com BC 557 PNP diodo zener 5,1 volts, de corrente constante, detetor e compensador de temperatura com dois diodos 1N 4148 serie, fixados pasta térmica ou cola quente no dissipador do PA, atuando como sensor, bem próximo aos dois Mosfets, este é o projeto usado no novo Andirá RTX SSB, CW do gênio PY2OHH Miguel, façam e observem a corrente de bias sem modulação que pode ser de 20 a 70 mA ou mais, observe se a modulação em SSB está boa, se não estiver retoque VR7 de 470R até ficar boa de se ouvir, observe a temperatura dos Mosfets. No circuito T3, T4, T5, não aconselho a colocarem os toróides AL>1000 de lâmpadas fluorescentes compactas FLC, pois eles podem não servir a alta freqüência de 27 Mhz, melhor colocar aqueles balum encontrados em TV antigas, ou em antenas telescópicas TV, T3 pode ser dos pequenos encontrados em caixa de plástico balum de antena telescópica de TV, T4, T5 devem ser dos maiores como mostra ás fotos na página do Miguel, estes núcleos focinho de porco eram encontrados na saída de antena na tampa da TV, ou em cima do seletor de canais rotativos antigos, alguns eram pequeno outros era o dobro do tamanho, vocês pode usar dois deles para ficar maior, cole com silicone cola quente, para ficar fixo. O filtro passa baixas (LPF) pode ser mais simples com uma seção e três elementos, terá maior potencia RF de saída, porem amplificara mais o segundo harmônico e outros, aconselho a usar o filtro já publicado aqui no blog em um projeto em AM parecido com este: https://projetosetransceptores.blogspot.com/2018/03/transceptor-am-27-mhz-projeto-vfo-rtx.html o uso de capacitores styroflex para 1kV ou maior tensão é bem vindo.
Abaixo esquema entrada Vcc, com proteção e filtros.
Esquema 05. Entrada 13,8 Vcc, filtro, proteção a diodos 1N 5408 3 Amp. contra inversão de polaridade, proteção sub tensão para mais de 15 Volts a diodo zener, regulador CI 7812 para chave eletrônica TX, RX, acionada por PTT. Saídas em S1B +12Vcc RTX AM, FM, SSB, chave S1A e S1B deve ser uma rotativa 3 posições do tipo que tem nos transceptores PX Cobra 148 gtl.
Eu espero mais uma vez receber e-mail e comentários de  montadores, amantes e hobbystas de montagens RTX SSB, volto a salientar que este é um projeto um pouco difícil a iniciantes, e para os que quiserem montar modificar alguns circuitos fiquem a vontade.
Muito obrigado.
Waldir Cardoso.

sábado, 31 de março de 2018

Transceptor AM 27 Mhz projeto VFO RTX.

Por favor leiam com atenção quem vai montar.
Olá pessoal este projeto é uma ideia que tive há muitos anos atras, já comentei aqui no blog, na época eu comentei esta ideia ao meu amigo Veridiano, é uma solução para quem não tem cristais nas frequências de RX e TX, ou mesmo PLL. O circuito VFO BFO é simples, claro que tem que ter um pouco de experiência em montagens RF, os VFOs Colpitts com conjunto LC pode ser instável, variando de freqüência com passar do tempo, temperatura, ou aproximação da mão, mas vamos tomar alguns cuidados para que nosso VFO seja estável firme na freqüência sintonizada. Para isso começamos com uma boa fonte de 13,8 Vcc estabilizada e filtrada, no circuito teremos mais uma estabilização + 9Vcc, no circuito VFO oscilador LC principalmente melhor capacitores styroflex ou cerâmico NP(0) zero, L3 poderá ter 20 a 30 espiras fio 28 AWG, melhor sem núcleo ferrita, oscilando entre 8 .8 Mhz, e saindo no terceiro harmônico freqüência saída, e mais a que pretendemos usar junto com o complemento BFO de 455Khz misturado ao VFO saindo TX entre os 26 Mhz a 27 Mhz aproximadamente 900Khz de variação, Ex: Nosso VFO no primeiro JFet oscilando entre 8.800 Mhz a 9.100 Mhz aproximadamente 30 Khz de variação, no segundo JFet triplicamos tudo então teremos 8.800 Mhz x 3 = 26.400 Mhz + 455 Khz FI RX ou BFO TX = 26.855 Mhz teremos esta freqüência com variável fechado em TX e RX. Com variável aberto oscilando 9.100 Mhz x 3 = 27.300 Mhz + 455 Khz FI RX ou BFO TX = 27.755 Mhz. Então vamos entender. O BFO de 455 Khz só entra misturando ao VFO em TX, através do diodo 1N4148 negativo PTT e + Vcc TX, isso porque a freqüência de TX tem que ser total a de saída, ou seja a soma das duas freqüências é que queremos transmitir. Em RX o BFO se desliga ao soltar PTT, e teremos a freqüência só do VFO que será compensada com mais o batimento canal de FI do receptor de 455 Khz, assim teremos a mesma freqüência em TX e RX, o capacitor variável CV pode ser de rádios portáteis AM 3-30pF ou 160pF, e tem que ser duplo servindo para sintonia do oscilador VFO e misturador RX, talvez precise um capacitor em série, se o variável for muita capacitância no misturador RX, pois ás freqüências são distantes, 8.800 MHz oscilador e 26.000 Mhz misturador RX a recepção tem que ser a mesma em toda faixa que girar o variável CV, os trimmer são usados também, CH1 é um choque de RF que podemos ajustar com um núcleo ferrite de bobinas, introduzindo no canudinho que foi enrolado com 25 a 30 espiras de fio 32 AWG, caso ao introduzir o ferrite a recepção baixe, retire 2 a 5 espiras, se ao introduzir ferrite aumentar a recepção, coloque mais 2 ou 5 espiras, quanto for necessário para ficar boa recepção sem núcleo. Já BFO para compensar se houver diferença de 455 Khz na saída para o VFO, coloque nas linhas pontilhadas filtro SFU um trimmer de 60 pF aproximadamente, faça com que tenha 455 Khz na sida do (D) J fet. Optando pelo capacitor variável de rádios portáteis FM será o inverso coloque capacitores dois de 15 pf em paralelo L3, para aumentar a capacitância, veja como o misturador de RX se comporta. Se o nosso VFO for bem trabalhado teremos um bom RTX até para fazer DX, e nada impede que vocês possam montar outro VFO a transistor de outros esquemas, com tanto que coloque o sinal de 455 Khz depois do oscilador e retire ás duas frequências na saída. A diferença ou batimento das frequências pode ser por cima ou por baixo, menos 455 Khz ou mais 455 Khz, lembre-se de sintonizar ás FIs RX certo em 455 Khz, para ouvir (freqüência) mesmo canal de transmissão, vocês que tem experiência poderão confeccionar escolher e modificar para outra freqüência canal de FI e BFO, para isso confeccione ás bobinas FIs e seus capacitores em paralelo com o enrolamento primário. Leiam sobre receptores:http://www.nzart.org.nz/assets/exam/sg/sn16-rxblo.html Nesta página:http://users.tpg.com.au/ldbutler/Superhet.htm Boas explicações em Inglês em PDF:http://www.nsarc.ca/hf/hf_xcvr.pdf
Para quem gosta de modular em AM, (Amplitude Modulada) na faixa CB 27 Mhz, aqui está uma solução bem simples que podemos cobrir toda a faixa dos 60 canais ou mais dependendo do circuito oscilador VFO.
Sobre o circuito: Composto de um receptor super heteródino FI 455Khz, filtro ANL, silencioso (Squelch) um pré amplificador, amplificador e modulador de áudio potencia com TDA 2003 RTX com circuito compressor para melhorar ás distorções e excessos de áudio em TX RX. Transmissor o microfone pode ser de eletreto ou dinâmico de alta impedância 600 Ohms, o circuito pré amplificador RF com 2N 3866 ou 2N 2219 que eleva os sinais a um outro amplificador buffer com 2N 3866 ou 2N 2219, entregando ao driver BD 329-16 ou BD 139-16 uma boa potencia RF este amplifica e envia os sinais já modulado em AM para o PA com IRF 520 que fornece uma potencia em torno de 7W RF ou 4W RF, modulados em AM. T1 pode ser um trnasformador de entrada de auto rádios antigos ou enrolar 20 espiras de fio 19 ou 20 AWG em toroide de lâmpada econômica FLC, T2 é um autotransformador de modulação podemos confeccionar em um ferro de outro retirado de sucatas, enrole fio 22 ou 23 AWG como esquema do TRX 50 Mhz AM aqui no blog, vejam fotos e esquemas: https://projetosetransceptores.blogspot.com.br/2012/11/transceptor-am-50mhz-superheterodino.html esquemas: https://projetosetransceptores.blogspot.com.br/2012/11/continuacao-transceptor-am-50mhz-4fis.html, T2 não é criteico. CH1 a CH4 são confeccionados sobre resistor de meio watt, fio e espiras podem ser idênticos ao já publicado aqui com link abaixo. Temos links de bons VFOs que podemos adicionar o BFO na porta do Mosfet MFE 201 http://www.w1vd.com/16080VFO.html   esquema VFO http://www.w1vd.com/16080VFO.pdf outro VFO http://www.classeradio.com/vfo.htm  um VFO com ressonador e aprovado por PY2OHH com pequena modificação sua saída poderá ser em 8.800 Mhz http://py2ohh.w2c.com.br/trx/vxo40e80/vxo40e80.htm este também podemos colocar para oscilar em 8.800 Mhz com pequenas modificações http://py2ohh.w2c.com.br/trx/vfo40-80/vfo40-80.htm baixe e leiam sobre VFO neste artigo de Ronaldo PY2NFE http://www.py2nfe.com.br/Arquivos-pdf/VFO.pdf  vejam está página de John Seboldt sobre VFO estabilidade http://www.seboldt.net/k0jd/minivfo.html Leiam esta publicação de PY2KAS http://www.crasema.com.br/crasema/transmissores-de-am/ Aqui no blog vários esquemas de VFO e BFO conjugados para ter êxito neste projeto https://projetosetransceptores.blogspot.com.br/2017/07/vfo-e-vxo-mix-rtx.html
Publiquei um projeto de RTX ALBA 3. SSB, AM, FM https://projetosetransceptores.blogspot.com/2018/04/transceptor-am-fm-ssb-27-mhz-vfo.html
Pessoal vejam outras publicações de TX RX TRX CB 27 Mhz em nosso blog de revistas:https://esquemasprojetoseletronicos.blogspot.com.br/2015/07/transceptor-cb-27-mhz-am-walkie-talkie.html esta: https://esquemasprojetoseletronicos.blogspot.com.br/2016/03/transmissor-27mhz-am-e-modulador.html Play TX CB: https://esquemasprojetoseletronicos.blogspot.com.br/2016/ TX 2W RF CB:https://esquemasprojetoseletronicos.blogspot.com.br/2017/10/transmissor-2w-rf-27-mhz.html Outro TX CB 3W RF:https://esquemasprojetoseletronicos.blogspot.com.br/2016/09/transmissor-e-modulador-27-mhz-cb-am-3w.html Aqui os projetos que me basiei para este projeto deste mês. TX canal 14 27.125 Mhz igual a este que montei aprovado fiz muitos DX com ele:https://projetosetransceptores.blogspot.com.br/2012/12/transmissor-am-cb-5w.html  o receptor de 27 Mhz que eu montei e usava para ouvir e fazer DX contatos com emu TX canal 14 27.125 Mhz:https://projetosetransceptores.blogspot.com.br/2012/12/receptor-px-cb-superheterodino-4fis.html  Você poderão usar no PA transistores comuns como 2 x BD 329-16, 4 x BD 139-16 em paralelos, ou se achar original 2SC 2075, 2SC 1909, 2SC 1974, 2SC 2166 ou 2SC 1306. Acho com Mosfet IRF 520 muito melhor e uma potencia de RF satisfatória alem de 6 W RF teremos com tensão de 13,8 Vcc. Com uma antena direcional de 3 elementos YAGE e a propagação aberta, vocês poderão modular com distâncias mais de 2.000 Km com este transceptor. Mas ATENÇÃO: você terá de ter prefixo ou ser registrado como PX na ANATEL, poderá tirar prefíxo em um dos escritórios regionais, é fácil e rápido e só paga uma pechincha por ano, acesse:https://sistemas.anatel.gov.br/sis/LoginInternet.asp?codSistema=635&Pagina=http%3A%2F%2Fsistemas%2Eanatel%2Egov%2Ebr%2Fscpx%2FDefault%2Easp%3F Uma dica para visualizar maior ás fotos ou esquemas em qualquer página no blog click na foto ou esquema ao visualizar só ela click em cima com o direito do mause, selecione e click em " Abrir imagem em uma nova guia" pronto irá abrir em outra guia a foto ou esquema com lupa e zoom, é só ver melhor e maior.
Espero que vocês montem este projeto, mês que vem publicarei uma outra versão deste mesmo projeto. Por favor quem montar avise com comentário, e se poder mandar o esquema será bem vindo assim incentivaremos os demais montadores a fazer modificações e montarem este projeto.
Muito obrigado.
Waldir Cardoso.

sexta-feira, 16 de março de 2018

Correios retrocesso e vergonha.

Quem era e quem é hoje nosso Correio brasileiro.
Pessoal vou mostrar e comentar o que acabei de ler sobre o que está acontecendo e serviços prestados pelo nosso Correio que é, e muito do nosso interesse. Acessem os links e leiam na íntegra:https://canaltech.com.br/e-commerce/correios-querem-fim-das-ofertas-de-frete-gratis-para-compras-na-china-109824/ em :https://tecnoblog.net/236199/correios-frete-gratis-fim-sites-chineses-manobra/ ou https://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2018/03/13/sabe-aquela-encomenda-feita-na-china-correios-querem-o-fim-do-frete-barato.htm.   https://tecnoblog.net/235327/correios-aumento-frete-2018/ https://tecnoblog.net/228441/correios-china-carta-registrada-manobra-comercial/http://www.valor.com.br/empresas/5377581/correios-subsidiam-camelo-eletronico  Nota fiscal será exigida para encomendas, leiam:https://veja.abril.com.br/economia/correios-nota-fiscal-sera-exigida-para-enviar-qualquer-pacote/  dois reajuste ano passado 2017, para tarifas nos Correios:https://veja.abril.com.br/economia/governo-autoriza-reajuste-de-tarifas-dos-correios/ Tarifas com reajuste de 51% vejam:https://www.tecmundo.com.br/mercado/127667-mercado-livre-inicia-campanha-aumento-51-precos-correios.htm  Novo aumento este ano a vigorar 6 de Março de 2018. Vejam e assista ao vídeo:https://agrosoft.org.br/2018/03/05/correios-aumentam-valor-do-frete/   
Para nós montadores, técnicos ou mesmo hobbystas de transceptores feito em casa "homebrew" tivemos um salto para o futuro, comprando nossos componentes em quantidade a preço baixo. Enquanto aqui no Brasil ás empresas de fabricação de componentes eletrônicos fecham, tivemos em governos anteriores a fusão da China em exportação para o Brasil, com isso tivemos como adquirir lá de fora, kits, rádios, componentes eletrônicos e muito mais por preços muitíssimo abaixo dos vendido aqui no Brasil. Todos sabem que aparelhos eletrônicos são o consumo de todos, e não deveria ser diferente para nós brasileiros, sem aquela que é só celulares o vilão, não. Todo tipo de equipamento eletrônico vendido por sites chineses são muito mais barato e o número de compras sempre tem a aumentar. Mas para termos nossos componentes ou aparelhos eletrônicos entregue em casa, com ou sem frete, temos que ter uma empresa de entrega destas encomendas certo. Para isso temos uma empresa estatal aqui no Brasil os Correios, que presta esses serviços, O Correio brasileiro foi fundada na década de 60 já foi orgulho para nós brasileiros e funcionários.
 Novo Logomarca custou em 2014 a pechincha de R$ 42 milhões.  
Antes desde 1990, era esta logomarca.
Hoje e desde 2014, é esta logomarca que custou R$ 42 milhões.
Ao longo dos governos a empresa foi adquirindo dívidas e contratações de funcionários apadrinhados de políticos, servindo de cabide de empregos. Chegamos ao caos hoje em dias atuais, os Correios está uma vergonha e insatisfação para funcionários e todo povo brasileiro. São reclamações e mais reclamações no Procon, processos na justiça e muita indignação, sem ter nenhuma desculpa para o caos implantado na empresa, como: roubo por assaltantes, extravio, perda, má carregamento e descarregamento, quebrando nossos equipamentos, demora entrega, etc.
Vejam como "alguns" funcionários dos Correios fazem o descarregamento.
Assista ao vídeohttps://youtu.be/fmlhqmk3LYM
Armazenamento de encomendas aleatórias.
Acontece sempre como mostra jornalismo da TV, roubos a carros dos Correios.
Caminhão Correios roubado Rio de Janeiro, quem vai pagar.
Segundo a estatal diz que a culpa são ás compras "bugigangas" "camelô eletrônico" em sites chineses, que traz um prejuízo de R$ 1 bilhão por ano. Ora quando foi que tivemos acesso a esse tipo de compra da china, isso é recente, é um grão de areia no oceano, como pode falar em prejuízo uma empresa que já vem há muitos anos acumulando prejuízos, outra questão, queria saber se os senhores: ministros, deputados, senadores, governadores, prefeitos, autoridades de modo geral do Brasil, usam os serviços dos Correios, será que ás cartas, encomendas, faturas, e demais serviços funcionam certinho para eles, eles não sofrem o que o povão brasileiro sofre com os Correios, e na cidade de Brasília no planalto será que lá funciona certinho os serviços dos Correios, ou será que é como um bairro de classe média do interior de cidades brasileira, onde demora semanas ou meses para chegar uma correspondência, faturas, encomendas, tudo atrasado, e quando chega. 
Frota de caminhões dos Correios. Nossas entregas é garantida.
Funcionário Correios na entrega de encomendas.
Pessoal leiam ás notícias nos links acima. É de revoltar qualquer um cidadão brasileiro, como nenhuma autoridade do Brasil faz nada, é como se nada estivesse acontecendo, como se ás coisas estivessem uma maravilha. Bem comecei a comprar em sites chineses ano passado, como qualquer cidadão, poucas coisas, cerca de R$ 100,00 só de componentes eletrônicos nada de celular ou outros, coisa do meu interesse e que gosto de fazer eletrônica, sempre recebi os itens comprados, os vendedores em grande maioria preza pelo seu nome e realmente mandam o que compramos, não é justo o vendedor ter prejuízo reembolsando para nós o que foi extraviado ou roubado aqui, é responsabilidade dos Correios. Mas segundo os dirigentes dos Correios esta prática "camelô eletrônico" teve um grande crescimento há dois anos. Então porque só agora temos estes serviços como vilão de tudo que está acontecendo. Não tenho nada contra os Correios, tarifas, políticas da empresa, o que quero é poder receber minhas encomendas de modo geral, se foi lá com frete grátis ou barato, o que eu quero é se chegou aqui no Brasil que seja entregue em meu endereço. 
O slogan e bonito, mas será que chega, e quando.
Todas ás fotos foram retiradas da WEB assim como os links acima.
Vejo ás dificuldades e empenho de muitos funcionários principalmente carteiros que dá o sangue trabalhando de sol a sol, aqui na minha cidade estão trabalhando até aos sábados, eles não tem culpa, pois a culpa está no topo da pirâmide, aqui na minha cidade tem uma agência toda pronta da reforma no centro, bem próximo ao prédio da prefeitura que até hoje, tem mais de meses pronta e temos que ir até um bairro distante 3km pela BR 110 a uma agencia improvisada para fazer ou receber encomendas. É uma vergonha tudo isso, chega. 
Bem pessoal eu fiz está publicação pela minha insatisfação com o que acontece com esta nossa empresa, sim digo nossa porque é do Brasil, quero deixar bem claro que não tenho nenhum interesse em ofender pessoa nenhuma, e desejo como todos nós brasileiros que este quadro que se encontra hoje os Correios venha a mudar, que ano que vem com novo governo, sem citar nomes pouco me interessa o nome, olhe para esta empresa e seus funcionários, assim teremos novamente orgulho de ter aquela empresa como era há muitos anos atras, teremos orgulho em ser cidadão brasileiro. 
Muito obrigado a todos, e comentários são bem vindo.
Waldir Cardoso.